Postagens

Mostrando postagens de 2018

VIAGRA FEMININO - SAIBA TUDO SOBRE A PIRULA PARA AUMENTAR A LIBIDO E O PRAZER SEXUAL FEMININO

Imagem
Viagra feminino: veja aqui como funciona, prós e contras O Viagra é um medicamento muito conhecido no mundo todo. Desde 1998, quando começou a ser vendido pela Pfizer, a pílula azul ganhou espaço na cultura popular. Os homens com dificuldades de disfunção erétil tinham um medicamento para auxiliar nos problemas mecânicos relacionados à falta de ereção. Acontece que, desde o surgimento do Viagra, a indústria farmacêutica passou a pesquisar e buscar um medicamento que também ajudasse as mulheres a melhorar o prazer sexual. Foi apenas em 2015 que a FDA (Food and Drug
Administration), que é a agência reguladora de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos, aprovou o Addyil, produzido pela Sprout Pharmaceuticals,. O princípio ativo da pílula rosa é a flibanserina.
De 2015 para cá muito debate tem acontecido em torno do viagra feminino: Como ele funciona? É realmente eficaz? Quais são os prós e os contras? Neste artigo, saiba mais sobre o famoso viagra feminino e entenda melhor a pelêmica ao …

NOBEL DA PAZ 2018 VAI PARA ATIVISTAS QUE LUTAM CONTRA VIOLÊNCIA SEXUAL COMO ARMA DE GUERRA

Imagem
Médico Denis Mukwege, que atua na República Democrática do Congo, e a ativista Nadia Murad, ex-escrava sexual do Estado Islâmico no Iraque, ganharam o prêmio Nobel da Paz de 2018 — Foto: Christian Lutz/AP

Nobel da Paz 2018 vai para ativistas que lutam contra violência sexual como arma de guerra
Médico Denis Mukwege tratou com sua equipe de cerca de 30 mil vítimas de violência sexual na República Democrática do Congo. Já a ativista Nadia Murad é sobrevivente da escravidão sexual imposta pelo Estado Islâmico no Iraque.


A ex-escrava sexual do grupo extremista Estado Islâmico Nadia Murad e o médico ginecologista Denis Mukwege ganharam o Prêmio Nobel da Paz 2018 por seus esforços para acabar com o uso da violência sexual como arma de guerra e conflito armado. O anúncio dos vencedores foi feito na manhã desta sexta-feira (5-10-2018), em Oslo, na Noruega.

Denis Mukwege, de 63 anos, passou grande parte de sua vida adulta ajudando as vítimas de violência sexual na República Democrática do Congo, n…