Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

SETE MANEIRAS DE SER BOM NO SEXO

Imagem
Fonte: Think Stock
Sete maneiras de ser bom no sexo
Ao contrário da crença popular, você não precisa conhecer 52 posições sexuais diferentes ou ter um background em pornô para ser bom de cama. Em vez disso, o sexo gostoso se resume em coisas mais sutis (e realistas) que você provavelmente já possui. Mas se esse realmente não for o seu caso, então se ligue nas dicas do autor do livro: “She Comes First” e terapeuta em sexo, Ian Kerner.

1) Não julgue

Segundo o terapeuta, ouvir as fantasias do seu parceiro sem julgá-lo é estar aberto (a) a desejos e prazeres sexuais diferentes — uma característica fundamental num parceiro. Por isso, deixe de lado seus julgamentos e ouça de verdade os desejos da sua pretendente.


Fonte: Think Stock
2) Pense (bastante) em sexo

E não somente enquanto você estiver ocupada (o) ou quando vê aquele cara super sexy na sua academia. “O sexo tem um forte componente mental”, diz o especialista. Então, preste atenção quando você tiver um pensamento sexual ou se sentir exc…

QUAIS CASAIS MAIS CHEGAM AO ORGASMO ?

Imagem
Quais casais mais chegam ao orgasmo?
Não são os casais heterossexuais. Nem os bissexuais. Nem os homens gays. São elas, as lésbicas. Pesquisadores de universidades americanas entrevistaram quase 3 mil pessoas solteiras (1350 mulheres e 1500 homens) para saber com que frequência chegavam ao orgasmo durante o sexo com um parceiro conhecido. Todos contaram também qual era a orientação sexual. Como era previsto, os homens chegam ao orgasmo mais vezes que as mulheres: em média, chegam lá em 85% das vezes, já elas alcançam o prazer máximo em 63% das experiências sexuais. Entre os homens, a orientação sexual não mudava muito a frequência dos orgasmos. Mas o resultado variava entre as mulheres lésbicas e heterossexuais: 75% versus 61,6%, respectivamente. “Uma possível explicação é que as mulheres lésbicas estão mais confortáveis e familiarizadas com o corpo feminino e, por conta disso, geralmente são mais habilidosas em induzir o orgasmo nas parceiras femininas”, diz a pesquisa. Ou seja, leitor, n…

SAIR DO ARMÁRIO É PRECISO ? - QUEM ROTULA NOSSA SEXUALIDADE

Imagem
Sair do armário ainda é preciso?Um ex-chefe foi o responsável por me ensinar a lidar com as diversidades, sexuais inclusive, que costumam gerar polêmica. Ele dizia: Desmistifique
Na último dia 14 de fevereiro, a atriz Ellen Page, indicada ao Oscar por Juno, participou de uma conferência da Human Rights Campaing Foundation, uma associação em defesa da causa LGBT nos EUA. Durante uma fala emocionada de pouco mais de oito minutos, Ellen discursou sobre os duros padrões a que os jovens são submetidos e sobre as dores e a coragem necessária para fugir desses padrões. Aproveitou para informar a todos que estava lá porque é gay, momento em que foi aplaudida por longos trinta e cinco segundos. Mais cedo, um amigo me mandou uma mensagem entusiasmada perguntando se eu havia visto o vídeo. Respondi que sim, embora sem o mesmo entusiasmo. Não há como negar que atitudes como a de Ellen sejam admiradas, e, talvez, até necessárias, num mundo onde milhares de homens e mulheres sofrem diversos tipos de …

POR QUE NÃO FAZ SENTIDO TER ORGULHO DE SER HETERO ?

Imagem
Por que não faz sentido ter orgulho de ser hetero ?
Em meio a tantos movimentos pró-minorias, faz sentido grupos dominantes que já têm tudo a seu favor insistirem em querer lutar por algo que já possuem?
Com todas as reivindicações pedindo defesa dos direitos humanos que vêm acontecendo, em que grupos oprimidos se engajam numa luta por igualdade, e que tentam alcançá-la principalmente mostrando tal característica que a sociedade tenta reprimir – como identidade sexual e cor – com orgulho, deu-se origem a movimentos contrários como "Orgulho de ser hetero" e "Orgulho de ser branco". Mas ora, por que alguém cuja identidade sexual já é predominante na sociedade precisaria ter orgulho disso? Ou por que alguém que possui a pele branca precisaria reafirmar seus direitos se vivemos num mundo em que os brancos constituem a maior porcentagem entre os mais ricos, não sofrem discriminação racial, têm mais oportunidades de boa educação – e, logo, de emprego –, correm menos risco d…