SEXUALIDADE FEMININA NOS GAMES DIMINUIU NA ÚLTIMA DÉCADA,DIZ ESTUDO

  • A nova Lara Croft é vista como um bom exemplo de personagens femininas nos games
    A nova Lara Croft é vista como um bom exemplo de personagens femininas nos games

Sexualização feminina nos games diminuiu na última década, diz estudo

28/07/201613h06
 
Um estudo conduzido na Universidade de Indiana, no EUA, indica que o nível de sexualização de personagens femininas encontrados em games tem caído na última década, e que é bem menos evidente do que em jogos dos anos 90.
A pesquisa  da candidata a PhD Teresa Lynch e suas colegas Niki Fritz, Jessica E. Tompkins e Irene I van Driel analisou 571 títulos lançados entre 1983 e 2014, e notou que a tendência de personagens femininas sexualizadas aumentou nos anos 90 e tem diminuído nos últimos 8 anos.
De acordo com os dados Lynch, o nível de sexualização visto nos anos 80 e início dos anos 90 era relativamente baixo, graças principalmente aos gráficos mais rudimentares das plataformas da época.
Isto mudou com o surgimento de consoles como o PlayStation e Nintendo 64, além de avanços nas placas de vídeo em computadores.
"Quando pulamos para a próxima geração de consoles, que aconteceu entre o início e meados dos anos 1990, vemos a transição para gráficos 3D, e é aí há um salto na sexualização de personagens femininas. Isto continuou a crescer no início dos anos 2000 até que, de repente, vimos estes números caírem".
O estudo indica que a popularidade do primeiro "Tomb Raider", lançado em 1996, possa ter servido de fonte para outros desenvolvedores ao criar personagens femininas com atributos mais exagerados. 
Da mesma forma, as pesquisadoras especulam que o aumento nas críticas a estas representações, além de expansão do mercado para o público feminino, levou a uma queda no número de personagens deste tipo.
"Há também muitas personagens que se encaixam em noções mais femininas do que uma mulher poderosa e não-objetificada por ser", declarou Lynch. "O remake da série 'Tomb Raider' e o novo design de Lara Croft são um excelente exemplo de como da forma com que a indústria está humanizando personagens femininas."
Nem tudo é positivo, porém: o estudo leva em conta principalmente mulheres jogáveis. Personagens secundárias femininas, por outro lado, são significativamente mais objetificadas.
"Quando vimos que elas eram secundárias a um protagonista masculino, elas eram geralmente mais sexualizadas", disse a pesquisadora. "Isso aponta essencialmente para a objetificação da personagem, que figuras femininas secundárias tem menos artefatos importantes incluídos nela, como personalidade, passado ou interação com outros personagens."
A pesquisa também não leva em consideração o marketing de jogos, que por vezes usa da sexualização para promover seus produtos, e pode ser tão influente quanto o conteúdo do próprio game.
Também é importante notar que a matéria sobre a pesquisa não dá maiores detalhes sobre a metodologia de Lynch e suas colegas ao estabelecer o nível de sexualização de personagens.
"Para este estudo, não estamos sugerindo que personagens femininas não devem ser sexy", declarou Lynch. "Sexualidade e aparência física são partes importantes da identidade feminina, mas muitas mulheres e homens gostam de jogar como personagens atraentes em games, desde que o contexto faça sentido. Mas quando você tem um personagem masculino de armadura e a feminina de biquíni lutando lado a lado, é difícil para mulheres não se sentirem trivializadas e objetificadas."
O estudo completo, intitulado "Sexy, Strong, and Secondary: A Content Analysis of Female Characters in Video Games across 31 Years" ("Sexy, Fortes e Secundárias: Uma Análise de Conteúdo de Personagens Femininas por 31 Anos", em tradução livre) será publicado na edição de agosto da revista Journal of Communication.

Fonte:http://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2016/07/28/sexualizacao-feminina-nos-games-caiu-na-ultima-decada-diz-estudo.htm

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

15 SINAIS QUE ELE QUER SÓ SEXO

GUIA ILUSTRADO DE SEXO ORAL EM MULHERES E HOMENS

O QUE É A EJACULAÇÃO FEMININA ?