OS 10 CASAMENTOS MAIS BIZARROS DA HISTÓRIA

Os 10 casamentos mais bizarros da história


Casar com cabras, apesar de ser considerado impossível por uma coluna polêmica da Revista Veja que compara o ato com o casamento entre homossexuais (leia o texto na íntegra aqui e, aqui, leia o posicionamento do pessoal do site Jezebel, que aponta 10 erros na coluna e o texto de Carlos Orsi, que está fazendo um grande sucesso na web), já foi feito. E não só com cabras. Com muros, caminhões e vacas também.
Reunimos aqui uma lista com os 10 casamentos mais bizarros da história:
10. Uma vaca
Ngurah Alit, um garoto de 18 anos, de Bali, cheio de amor para dar, foi pego em uma situação íntima com uma vaca. Quando questionado, ele disse acreditar que a vaca era uma mulher sensual que o convenceu a ‘se entregar’. Os sábios da vila de Alit não acreditaram muito na história e afirmaram que ele devia pagar por seus crimes casando com a vaca em questão. Na cerimônia, o noivo desmaiou. Mas a noiva é que pagou o pato – para livrar Alit do pecado, a vaca foi afogada.
9. Uma cabra
Pois é, não é que cabras podem se casar com humanos? Em 2006, assim como Alit, um sudanês chamado Charles Tombe foi flagrado em uma situação comprometedora com uma cabra. Tombe precisou se casar com o bicho e ainda pagar pelo animal ao seu dono. Mas esse é foi outro casamento trágico para a noiva – ela resolveu comer um pedaço de plástico, afogou-se e morreu.
8. A torre Eiffel
Você já deve ter ouvido a história de Erika Eiffel que, em 2007, se casou com a torre Eiffel. Após um romance de três anos ela conseguiu, graças ao apoio de uma comunidade na internet de pessoas que sentem atração por objetos inanimados. Acredite ou não, a torre Eiffel não é o primeiro namoro de Erika com objeto – anteriormente, ela esteve em um relacionamento com Lance, seu arco de competição.
7. Um cachorro
O australiano Joseph Guiso resolveu casar com sua labradora, Honey, após ver um casamento em um parque. A cerimônia contou com a presença de amigos do casal e da família. Apesar da cerimônia não ser oficial, Guiso sentiu necessidade de assegurar a todos de que o matrimônio não seria ‘consumado’.
6. Um caminhão
Maria Griffin, da Califórnia, não só se casou com um caminhão como afirma que a vida sexual do casal é bem ativa. Maria conta que achava que era assexual até sentir um orgasmo ao pensar no Edifício da Chrysler. Depois de um tempo, ela passou a se sentir atraída por caminhões da Ford. Ela resolveu comprar um e oficializar a relação em uma cerimônia presidida por um amigo. Depois do casamento, eles partiram em uma lua de mel no campo.
5. O muro de Berlim
Eija-Riitta Berliner-Mauer (sim, o sobrenome dela é ‘Muro de Berlim’ em Alemão), diz que se apaixonou pela famosa barreira quando a via pela televisão. Depois de adulta, passou a visitar o símbolo e, em 1979, casou-se com ele. Por questões de segurança, foram raras as vezes que sua aproximação com o muro foi permitida. E, quando ele foi destruído em 1989, enquanto a Alemanha celebrava, ela chorava a morte do marido. Até hoje, ela não foi capaz de visitar as ruínas e mantém modelos da muralha em sua casa.
4. Um gato
Depois que Cecília, uma gata de 15 anos, ficou doente, seu dono Uwe Mitzscherlich, da Alemanha, resolveu demonstrar todo o seu amor pelo bichinho casando com ele. Na cerimônia, Cecilia até usou um vestido branco.
3. Um travesseiro
O japonês Lee Jin-gyu casou com um tipo especial de travesseiro chamado dakimakura – normalmente, eles vêm com personagens de anime impressas. A ‘esposa’ de Lee, por exemplo, tem o desenho de Fate Testarossa, personagem preferida dele. A cerimônia foi realizada em 2008 e o relacionamento dura até hoje.
2. Um golfinho
Sharon Tender se casou com o golfinho Cindy – que, apesar de ter nome de menina, é o macho dominante de seu bando. O casório foi realizado em Israel, onde Cindy vive, onde o casal trocou peixes e flores. O final da história não é feliz: após 14 anos visitando o marido, Sharon ficou viúva. O golfinho morreu de causas naturais, por já ter idade avançada.
1. A namorada morta
Chadil Deffy namorou Sarinya Kamsook por 10 anos. Um belo dia, ele foi pedido por Sarinya em casamento e negou porque dizia precisar ‘trabalhar mais’. Em janeiro deste ano, no entanto, a garota morreu em um acidente de carro. Para corrigir o erro de negá-la enquanto estava viva, Chadil decidiu casar com a morta – a cerimônia foi realizada em seu funeral, teve beijo e até aliança. Existem até fotos do casamento no Facebook do noivo. Bizarro.
Via Listverse
Fonte:http://colunas.revistagalileu.globo.com/formuladoamor/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

15 SINAIS QUE ELE QUER SÓ SEXO

GUIA ILUSTRADO DE SEXO ORAL EM MULHERES E HOMENS

O QUE É A EJACULAÇÃO FEMININA ?