COMO LIDAR COM DIFICULDADES NO AMOR ?


Todos nós sonhamos com uma vida afetiva completa e feliz. Nossos relacionamentos interpessoais interferem muito na vida como um todo. O ser humano é único. Não há um ser humano igual ao outro na face da Terra. São diferenças físicas, de raça, temperamento e idade. No entanto, estas barreiras de distancia, raça, etc nem sempre são impedimentos para um relacionamento amoroso. O amor aproxima as pessoas. As diferenças de opinião e temperamento, dependendo do relacionamento completam o casal.

Quem ainda não é feliz no amor se pergunta: _”Por que não dá certo comigo e com outras pessoas sim?”

Só o amor e o sexo não bastam. No dia a dia do casal, vários detalhes ganham importância. Podem melhorar ou destruir um relacionamento. Ciúme bem dosado aquece o relacionamento. Ciúme excessivo pode ser o sinal perigoso e o início de uma relação turbulenta e cheia de cobranças. Quando o ser amado é muito desligado ou inacessível desperta dúvidas e insegurança no relacionamento. Você deseja a presença da pessoa e, no entanto, nem sempre ela está disponível ou atenta aos seus sentimentos.

Como saber se deve abandonar o relacionamento ou dar outra chance? Perdoar uma traição e tentar novamente? Tolerar o ciúme excessivo e apostar no amor? Até que ponto seu relacionamento suportará as alfinetadas e os obstáculos do dia a dia?

Nancy(nome fictício) tinha um relacionamento com um rapaz há doze anos. Moravam juntos e era a segunda união do casal. O convívio sofria altos e baixos. Ela desejava maior vínculo e cumplicidade. Queria acompanha-lo nas viagens do rapaz à casa dos seus filhos. Ele a deixava em casa. Apesar disso, o casal aparava as arestas e prosseguia o relacionamento.

Num dia, após uma discussão repentina sobre dinheiro, Nancy desabafou. Gritou e protestou. Ele, ressentido, arrumou as malas e saiu da casa dela. Não reataram o romance. O rapaz, dias depois, arrependeu-se e desejou uma conversa. Queria outra chance. Tentaria o reatamento. Ela, embora sentisse falta dele, não cedeu. Tempos depois, admitiu que foi orgulhosa. Sofreu, sentiu falta das coisas boas do relacionamento, mas não o procurou mais. Sim, a história teve um final feliz. Eles foram felizes... longe um do outro. Ambos, deixaram o passado para trás e seguiram vida nova.

A saída para as dificuldades no relacionamento são doses de compreensão, tolerância e humildade. A comunicação é imprescindível entre o casal, para resolver as pequenas diferenças e evitar ressentimentos. Tentar mudar o outro não resolve. A pessoa não muda somente porque a outra quer. O ser humano muda e evolui, quando ele deseja. A imposição e a cobrança trazem desgaste para o casal.

Procure ver o saldo do seu relacionamento. Relacione as qualidades dele(a). Vale a pena uma segunda chance? Cada caso é um caso. Não compare o seu relacionamento com o de outro casal. O respeito não deve faltar ! Quando o casal começa a se desrespeitar com ofensas ou agressões o sinal vermelho de perigo alerta para talvez, um final eminente.

Trabalhe sua autoestima. Nos momentos de turbulência do casal, nem sempre ela estará forte o bastante para superar o medo da perda. Vocês precisam antes de tudo confiar em si mesmos para superar os dias difíceis. Uma personalidade sempre insegura atrairá relacionamentos frágeis ou dominadores. É preciso cuidar de si mesmo sempre. Não se anular para agradar o outro. Quando o tempo passar, você não saberá mais resgatar sua individualidade.

A humanidade precisa acreditar muito no amor! No amor real, forte e com estruturas suficientes para viver um relacionamento feliz. Isso ainda é possível!

Não há obstáculo eterno ou dificuldade insuperável para um casal que verdadeiramente se ama.

No entanto, é preciso desmistificar as falsas ilusões mundanas. Preservar os valores interiores em prol daquilo que é só externo( beleza física, dinheiro, objetos de consumo) Não desistir do relacionamento no período difícil. Pare de acreditar em Príncipe Encantado ou mulheres perfeitas.

Nós somos o produto de uma sociedade fabricada, o produto do meio, dos nossos pensamentos, sentimentos e atitudes. Saiba o que você quer de um relacionamento para não se frustrar depois. Separe os sonhos e as falsas expectativas do que é real, a diferença entre orgulho e amor próprio. E saiba o quanto vale o perdão num relacionamento. Vale muito!

Invista muito em você mesmo(a), com trabalhos salutares de nutrição mental. Nutrição mental é se beneficiar de bons pensamentos, otimismo, boas ocupações e um ambiente salutar. Invista em valores morais. Se a pessoa não conjuga consigo dos mesmos valores morais que você delimita para sua vida, será difícil prosseguir o relacionamento. Pessoas egoístas raramente se doam e você vai sofrer. Aquelas que seguem a vida menosprezando o outro, fazendo sofrer deliberadamente, precisam aprender e sofrer muito para saber o que é amar!

Amar é muito fácil .... Ser feliz no amor é um investimento diário, trabalhoso e, às vezes doloroso. No entanto, compensa, porque todas as tentativas de viver um amor verdadeiro valem a pena sempre... E o verdadeiro amor vence sempre!

Se não vencer, então porque não era verdadeiro... Tente de novo!

Seja feliz!

Por : Sandra Cecília é formada em Psicologia Clínica e já trabalhou com Psicoterapia, Aconselhamento e técnicas de Relaxamento durante mais de dez anos. Atualmente é taróloga e estudiosa dos oráculos. Ministra palestras sobre auto-ajuda, aconselhamento afetivo e espiritualidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

15 SINAIS QUE ELE QUER SÓ SEXO

GUIA ILUSTRADO DE SEXO ORAL EM MULHERES E HOMENS

O QUE É A EJACULAÇÃO FEMININA ?